Primeiro vamos ao famigerado “starter-pack”, pegue aquele charuto cubano que você escondeu do seu cunhado, abra o melhor bourbon que tiver em casa e se não tiver vá comprar um é parte crucial do momento, vista o roupão que sua mãe te deu, e não se esqueça daquelas sandálias, que mais parecem um hibrido de pantufa com ‘papete’, e vem entender como se apaixona por um estilo musical de um jeito simples e rápido.

Ok eu menti, não vai ser muito rápido, aqui é o pavio pra você acender essa paixão, sim eu adorei essa metáfora, e eu falo com conhecimento de causa, pois foi o meu pavio, e se eu comecei por aqui e deu certo, torço muito pra dar certo pra vocês também.

Antes de tudo preciso agradecer muito ao Rob Gordon, um escritor dentre todas as outras muitas funções que exerce, que é um fã declarado de Blues, e eu como sempre curioso, pra saber como as pessoas desenvolvem certas paixões, fui lá pedir que ele me ajudasse a entender a dele. Prontamente ele me indicou um top 10 das músicas que fizeram ele se apaixonar pelo gênero, e que eu tenho certeza que vai mexer com vocês também.

Fiquei curioso pra saber o significado do nome e por que ele é tão singular, afinal, não me lembro de ter ouvido algum gênero musical chamado yellows ou reds por aí com frequência. E o que mais me surpreendeu foi saber que o motivo do nome é tão evidente, que me senti bem burro quando descobri. Sim! É por causa da cor azul, a palavra na cultura norte-americana tem também o significado de tristeza, mas se você também for mais reflexivo pode supor, assim como eu fiz, que ‘sinestesicamente’ a cor azul nos faz lembrar de tristeza.

E no momento estou um pouco triste, pois percebi que estou inteiro de azul. (eu não sou um avatar)

O blues tem muitos subgêneros e identificar eles vai além das minhas capacidades, prefiro sentir as músicas elas parecem fazer mais sentido pra mim desse jeito menos técnico, mas se você se interessar, o Rob faz isso de forma magistral na coluna dele no Sábado de Blues.

Mas agora vamos à parte boa, a música! E se depois dessa lista, do charuto, roupão e bourbon, vocês não se apaixonarem por blues também, eu indico que deem play novamente nessa playlist.

  1. B. King – How Blue Can You Get?
  2. John Lee Hooker – Boom Boom
  3. Robert Johnson – Sweet Home Chicago
  4. Muddy Waters – Hoochie Coochie Man
  5. Etta James – All I Could Do Was Cry
  6. Elmore James – The SKy is Crying
  7. Howlin’ Wolf – Spoonful
  8. T-Bone Walker – Stormy Monday
  9. Albert King – Born under a Bad Sign
  10. Skip James – Hard Times Killing Floor

Tudo que é bom tem que ser compartilhado, eu fiz minha parte.

Comentários
Compartilha no FB!