5 de fevereiro de 2015

Um Café

Parei pra tomar meu café
Me lembrei de você
Um filme, sabe como é
Na minha cabeça como quem quer q’eu

Lembre o que sinto
Aquilo que repito e sempre minto
Pra poder relevar
Esquecer e deixar passar

Dói menos…

Mas se for pra confessar
Vou dizer que preciso matar a saudade
Vem me embebeda e invade
E vou te ensinar a identificar

Tenho sete tipos saudade de você

Da tua presença que irradia minha sala
Do teu cheiro que perfuma minha fala
Do teu olhar que me leva daqui pra outro lugar

Do teu abraço que me faz estabilizar
Do teu beijo que me leva pra lona
Do teu gostar que tanto me apaixona

A sétima vou precisar
Matar todos as outras
Pra poder contar

Compartilha no FB!
SHARE:
Literatura, Poesia 2 Replies to “Um Café”
Kennedy Alves
Kennedy Alves
Eu não sou lá essas coisas dignas de nota, mas acho importante que você não leia o blog de um estranho, né? Eu tenho 26 anos, sou engenheiro de produção, apaixonado por música (fã da banda Fresno, acho importante, vocês saberem disso.), escrevo desde os 14 anos e quis começar a escrever, porquê lia as poesias do meu pai e queria escrever igual (com o objetivo de impressionar as gurias), mas aí a escrita tomou proporções inimagináveis, e hoje a minha vida não faz sentido s’eu não escrever pelo menos uma frase por dia. Já fui bancário, desempregado, vendedor de cosméticos, trabalhei em um mercado, numa construtora, tento ser músico, youtuber, fotografo, escritor e cozinheiro e talvez mais uma porção de outras coisas que não lembro o nome. Em 2012 criei o O Que Eu Quero Que Você Pense e desde então venho compartilhando meus sonhos e sentimentos com vocês. Para falar comigo, entre em contato pelo e-mail: [email protected]

COMMENTS

2 thoughts on “Um Café

      Author’s gravatar

      A saudade é bem melhor que açúcar no café… <3

Comments are closed.